quarta-feira, 23 de março de 2011

A tal da alegria...


Hoje eu acordei feliz, muito feliz, mas não irradiava minha alegria como um bobo alegre, ela é contida secreta só minha. Conversando com uma amiga comentei que estava feliz, então ela se virou para mim e perguntou :”Arrumou um namorado?” . Eu me virei para ela e disse :”Quando você vai aprender que a nossa felicidade não depende dos outros?”, ela não me respondeu nada. Não quero dizer que as relações afetivas não sejam importantes, ela tem o seu peso na felicidade, mas chega aquele momento em que estamos crescendo que nos vemos só no mundo, temos que tirar força para continuar, e ai você me pergunta “Força? Tirar de onde?” e eu te respondo :”Não sei...Não sei qual é a sua história de vida, eu não te conheço, eu só sei que se você realmente quiser e tiver os estímulos certos , você vai conseguir acordar algumas manhãs feito um bobo alegre...”

13 comentários:

Xael disse...

otima forma de falar sobre alegria.. ela é tao boa quando chega e tao dolorosa quando se vai... realmente temos que aprender a ter alegrias sem depender dos outros... é muito importante saber o momento de colocar essa alegria em evidencia.. afinal nem todos sabem lhe dar com a alegria dos outros, tem os amargurados da vida... que sempre tentam acabar com tais sentimentos.. parabens pelo texto.

Bruna Helayne disse...

Para sermos felizes precisamos apenas de nós mesmos!

Jaque*Sampaio disse...

Sim.acontece,não sei isso me trará boas consequencias mas quando pedi demissão do meu atual emprego no dia seguinte acordei assim bobo alegre.Sei lá estava leve e feliz.Sem envolver um alguém...
Mas claro quando revi meu ex fiquei bem mais...hehehe Infelizmente ou sei lá felizmente eu preciso das pessoas pra ser feliz cada pessoa da minha familia que se vai é um grãozinho amenos de felicidade.

Du Santana disse...

Algumas manhãs eu acordo feito um bobo alegre, outras como se ñ quisesse mais acordar. Dizem que ao fim do dia há uma cura para qualquer mal. Acreditar nisso me faz levantar da cama, seguir em frente.

^^

Bia Jubiart disse...

Oi Anjo!

Quase não consigo entrar, conexão triste! Oposto do seu post.

Li os seus texto, viajei neles... Muitos bons!
Não consegui acessar "Projetos Blogs do...", amanhã tentarei, fiquei curiosa.

Durma com os anjos!

Beijoooooooooooo

Filipe Dias disse...

Bom texto....

Obrigado por visitar meu blog...

NeyaRa disse...

Ain, odeio quando as pessoas ligam felicidade a namorados, pff... Ser feliz ou não, depende mais da gente do que dos outros, isso é fato!
Aproveite seu dia feliz!
http://harmless-monsters.zip.net/

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Te seguindo aki tb!!
BeijO*-*
http://evesimplesassim.blogspot.com/

Tute Braga disse...

Fiquei até mais feliz depois de ler o post! hehehe

Beijosss

Virgilio Kruschewsky disse...

Talvez um dia descubra essa tal felicidade. Hj ainda não.

Angus Cailleach , disse...

Parabéns pelo blog *-*

barbaranonato disse...

Tem razão. O sentimento verdadeiro está dentro de nós e emana de dentro de nós, não pode ou deve ser vinculado diretamente ao externo ou outras pessoas.
Às vezes acordo feliz comigo mesma também...

Bruh Vampy disse...

Gostei muito do seu texto e acho que você tem toda razão. Porque as pessoas precisam de outras para se sentirem bem ou felizes?

Abraços

http://contosemisterios92.blogspot.com/

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário