segunda-feira, 3 de junho de 2013

O tropeço



Hei! Seu idiota! Abraça-me e me faça dormir. Sim, não é um pedido, é uma ordem! Só estou cansada de implorar as coisas, cansada de me arrastar, cansada de esperar, cansada do jeito que eu levo a vida. Eu já fiz mil tentativas para que as coisas dessem certo. Sempre estou ali insistindo, mas cansei sabe? Acho que você esta precisando tomar um pouquinho do seu próprio remédio. Foda-se você, caso ache tudo isso ruim!
Querido, o problema foi que você tropeçou em mim. E não soube aproveitar a oportunidade,   a sorte que você teve. Agora meu bem as coisas serão do meu jeito e se não for assim não será de jeito nenhum. Eu exijo exigir mais para mim, por que eu tenho direito, por que eu preciso, por que eu necessito ter um pouquinho de felicidade. Querido, você tropeçou feio em mim, agora é a minha vez de tropeçar em você.

{Texto escrito numa quarta-feira a noite, após ter feito uma refeição ouvindo a revolta de alguém quanto a não suportar o jeito que as coisas são no seu relacionamento}

2 comentários:

hassdc disse...

"o problema foi que você tropeçou em mim" Adorei :)

Aline Diedrich disse...

"Agora é minha vez de tropeçar em você"... Ótimo post!

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário