domingo, 6 de novembro de 2011

Como é que é saber ler e escrever?


Conversando  com uma moça que é deficiente mental... Espere ai caro leitor! Vamos esclarecer algumas coisas?Há um enorme preconceitos em relação as essas pessoas, em geral são sempre subestimadas e tratadas como estorvo. A maioria da população deve ter uma noção básica de que deficiente mental e doente mental (usando o termo antigo "mental" e não o atual que seria : Intelectual) tem significados diferentes. De acordo com a Rede Saci (Soliedariedade, Apoio, Comunicação e Informação):
"Devemos enfatizar que o portador de deficiência mental não tem alterada a percepção de si mesmo e da realidade e é, portanto, capaz de decidir o que é melhor para ele.
Quando a percepção encontra-se alterada, a condição é denominada doença mental, tratando-se de um quadro totalmente diferente da deficiência mental, mesmo apesar do fato de que 20 a 30% dos deficientes mentais apresentem associação com algum tipo de doença mental, como a síndrome do pânico, depressão, esquizofrenia, entre outras.
Doenças mentais, que podem e devem ser tratadas, afetam o desempenho dos indivíduos, pois prejudicam, primariamente, outras áreas do funcionamento, que não a inteligência, como por exemplo, a capacidade de concentração e o humor."
Voltando a história do inicio, estava conversando com essa moça, quando ela me perguntou:
- Você sabe ler e escrever?
-Sei sim...
- Jesus não gosta de quem não sabe ler e escrever.
-Quem disse isso?
-Minha mãe.
-E o que você respondeu pra ela?
-Nada.
- Sabia que Jesus ama todo mundo desde quando nascemos? Quando eu nasci eu não sabia nem ler e nem escrever, não sabia de nada e mesmo assim ele me amava e ama você também.
Ela ficou silenciosa e depois veio com uma pergunta que não me sai da cabeça:
-Como é que é saber ler e escrever?
Há muitas maneiras de responder a esta questão, eu poderia responder que ler é incrível, que podemos fazer muitas descobertas e etc...Mas não o fiz, com essa resposta eu poderia deixá-la maravilhada, mas também frustrada por não saber ler, então respondi desta forma:
-Antes de aprender a ler e escrever minha professora me passava muitos exercícios (exemplifiquei alguns para ela), e então eu tinha que treinar bastante, tudo é uma questão de dedicação e treino, pode parecer difícil ás vezes, mas se treinarmos bastante conseguimos aprender.
A moça sorriu e continuamos conversando.
Muito se fala sobre a importância de ler e escrever, mas pouco se dialoga sobre este processo de aprendizagem. Para muitos jovens com deficiência mental aprender ler e a escrever é uma oportunidade de ser inserido no mercado de trabalho, de ser reconhecido pela sociedade, de existir como um cidadão. Vejo muitas crianças, que não possui nenhum tipo de deficiência mental, enfrentando dificuldades neste processo, não sou professora nem nada, mas não é apenas o professor que é responsável por ensinar, os pais e familiares podem estimular as crianças em casa e você também, porque todos nós somos responsáveis pelas regras da sociedade pois concordamos com elas, querendo sim ou não e se quisermos mudar algumas coisas temos de começar por algum lugar.

7 comentários:

BlogMaster disse...

É cara colega, muito bem argumentado esse seu post, a maioria das pessoas sempre "olha torto" para essas pessoas, que no final das contas, são iguaizinhas a nós, pelo menos aos olhos de Deus!

http://futeblog-blogmaster.blogspot.com/

Menina Rosa Store disse...

Q legal!
Gostei do seu estilo de ilustrar o blog, com desenhos mangás...muito bom!
Descobrí seu blog através do blog da Hello Lolla!
:D

Bjinhuuu!!!

Jerri Dias disse...

Legal o texto, mas faltou aprofundar o tema proposto e fiquei achando que vc devia ter respondido pra moça como é saber ler e escrever ao invés de só falar pra ela do aprendizado.

Mas quanto ao tema, infelzimente a maioria das pessoas não se dá conta de que é graças a essas características da civilização (ler e escrever), que conseguimos passar adiante o conhecimento de forma universal e que sem isso, não haveria nossa tentativa de civilização, apenas tribos isoladas aqui e ali.
E é uam pena que a maioria das pessoas que conseguem ler e escrever, simplesmente não façam uso disso. :-(

Beijo.

Djoni Filho disse...

Concordo plenamente com você. A educação começa de casa, com os pais acompanhando. Os professores já devem pegar o terreno preparado.

Saber ler e escrever é ótimo, é uma arte,uma forma de se expressar. Sabemos bem nós, blogueiros, hein? rs. E nada é impossível quando cremos em Jesus e temos total dedicação e empenho.

Quanto ao preconceito, olha que interessante, escrevi um artigo justamente sobre o "julgamento", e acho que tem tudo haver com sua matéria de preconceito. Sinta-se convidada a olhar a postagem em http://pactodevida.blogspot.com/2011/12/julgamento-ao-proximo.html

Caso se sinta a vontade, passe por lá. Abraços.

Fabio Fraga disse...

Olá, você gosta do programa, o melhor do brasil, da record, ou seja, do apresentador rodrigo faro, então acho que vai gostar do meu blog http://lamoremiopersempre.blogspot.com/ venha conferir os vídeos, as novidades, as fotos, se gostar pode me seguir no blog e no twitter, aguardo você e seu comentário,abraços.Fabio Fraga.

JEANN DFL disse...

Parabéns por aborda esse tema, achei corajoso de sua parte falar de algo tão delicado... bem, diferente do que comentaram acima, sobre você não ter aprofundado o tema, acho que você falou na medida certa para alguém que não tem um conhecimento profissional na área! E afinal de contas, quem se interessou pode buscar mais informações no link (Rede Saci) que vc deixou! Mais uma vez, Parabéns!

Heitor Falcão disse...

Muito legal o post. Afinal saber ler e escrever também não significa que se utilize dessas ferramentas de forma produtiva e positiva.


www.heitor-falcao.com

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário