terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Eu te odeio

Eu te odeio, do fundo da minha alma eu te odeio. Você apareceu de repente e sem que eu percebesse. De um forma tão suave quanto o deslizar de uma serpente pronta para ao ataque. Aos poucos foi tomando conta da minha rotina, tomando forma na minha mente. E a minha única defesa era implicar com você, reprimir suas aproximações. Tudo em vão! 
 Assim foi desestabilizando minha rotina que demorei anos para conquistá-la, pois antes de você essa rotina era adoravelmente confortante, com os horários prontos e sem surpresas. Dizem que os que se apegam desesperadoramente a rotina sofrem de amargura e que a única coisa que podem fazer é ocupar o tempo. A vida passa a ser como uma tarde de domingo entediante e a rotina é a única salvação. Rotina não é um lugar para surpresas e você no entanto apareceu sem avisar e ocupou as tardes entediantes de domingo.
 Quando a brisa tocava suavemente seus cabelos e trazia seu cheiro para mim, foi uma sensação nova, foi como se eu tivesse acabado de acordar e ao abrir os olhos eu encontrava seu sorriso pateta. Você se tornou um transtorno na minha vida, você virou os motivos da minha insônia e dos meu sorrisos bobos, da minha alegria sem motivo (ok o motivo é você), dos meus olhos perdidos no tempo, dos meus sonhos e pior ainda, tomou conta dos meus devaneios, antes tão particulares.
 Eu não estou acostumada a cuidar e muito menos ser cuidada e protegida, cada gentileza sua me causava estranhamento e até encarava como ofensa, como se você pensasse que eu fosse inútil. Porém, você desestabilizou tudo e eu te odeio pelo simples fato de me fazer ver que eu preciso de alguém para ser feliz, ou seja, que eu preciso de você, pelo menos neste momento para acalmar meu peito em fogo. 
 Até que eu saiba o que eu sinto por você vou classificar esse sentimento como ódio, porque te odeio por me fazer gostar tanto assim de você e não saber lidar com estes acontecimentos desconhecidos e desesperadores.

8 comentários:

kbritovb disse...

achei que era algo assim msm kk
bem legal texto

Ravi Barros disse...

A coisa mais certa é que ódio e amor são sentimentos muito próximos, e isso é muito perigoso!

DELUXE disse...

Me lembrou aquele filme "Dez coisas que odeio em você" Me lembrou também que eu até pensem em uma das frases do filme que diz
"...Mas eu odeio principalmente
Não conseguir te odiar
Nem um pouco
Nem mesmo por um segundo
Nem mesmo só por te odiar"

Pessoas que se apegam demais *como eu* são as que mais sofrem, e nunca aprendemos isso.

BeeijOs
Gih
http://deluxemoda.blogspot.com

Joguete do Destino disse...

Nossa! Gostei muito mesmo. Acho q vou colocar no meu blog essa "profecia" da minha vidinha. kkk'

Mel Cardoso disse...

Muito bonitinho *U*

Adriano Ferreira, CM disse...

a gente ama o que mais odeia? é isso? talvez a vida seja assim, como imã. opostos se atraem

cabelosescuros disse...

amiga uma vez eu ouvi uma frase e nunc mais esqueci dizia assim o contrario do amor nãon é o odio e sim a indiferença olha ja estou te seguindo por favor me segue tb http://cabelosescuros.blogspot.com/

Nandãa disse...

Gosteii daquii dos textos e, boom tudo lindo, parabéns seguindo com certeza...
Se puder seguir de volta, super agrdeço, sou nova por aqui...
Bjooos

http://enquantoissoocafesfria.blogspot.com/

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário